De Cuba para o Brasil: “Aprestar-me para ser alguém”

Yenisei tem 27 anos e chegou ao Brasil em março. O que começou como uma viagem de turismo e de reencontro virou uma paixão pelo país e um sonho. Seu irmão mais velho, Afman, nove anos mais velho, convidou-a para visitá-lo no Brasil. Comprou as passagens e falou que cobriria todas as despesas da irmã.... Continuar Lendo →

Anúncios

Um salto para fora do armário

A relação de Maurício Jiacomin com sua drag queen, Maya Papillons Por Carolina Freire e Jean Prado Depois de comprar seis pares de sapatos em um shopping durante seu intercâmbio na cidade de Coimbra, em Portugal, Maurício não sabia o que fazer com eles. Longe dos pais, ele quis ter o salto alto que sempre... Continuar Lendo →

Mulheres deixam de se cuidar por dificuldades no acesso à medicina

Em 2016, um terço das brasileiras grávidas não fizeram pré-natal adequado e outros grupos de mulheres encontram dificuldades no acesso a medicina ginecológica Carolina Freire e Jean Prado Míriam* tem 19 anos e está grávida de seu primeiro filho. A gravidez não planejada só foi descoberta no quarto mês de gestação, quando a estudante do... Continuar Lendo →

Joana D’Arc

Mulher. Do campo. E de uma fé inquestionável. A postura firme toma conta de todo o seu corpo quase como uma armadura. Os olhos? Esses se mantêm bem abertos. Para as batalhas do dia a dia e para as belezas da vida. Não estou falando da jovem guerreira mística que guiou o exército francês rumo... Continuar Lendo →

Vida, amor, liberdade e tudo o que vier

A história de uma menina latino-americana, sem dinheiro no banco, sem parentes importantes, mas com muita coisa a ensinar O olhar atento vasculha o ambiente calmo da livraria. O clima frio provavelmente é responsável por tirar o ânimo dos poucos presentes que observam desinteressadamente os livros, papéis, cadernos e agendas ali dispostos. Aqui e ali,... Continuar Lendo →

OS ALICERCES DE UMA VOCAÇÃO

Por Guilherme Reis Mantovani Lúcia Moratto estica um pano alvo bordado com detalhes rubros, macio feito algodão, sobre a mesa de centro. Delicadamente, mas com experiência nas mãos ágeis, repousa uma pequena taça dourada, coberta também com um pano. Ao lado, descansa outra taça, gêmea à anterior; esta, por sua vez, preenchida de água. Por... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: